Sai da frente que atrás vem gente…

 Caros utilizadores de motoserras para descascar laranjas, apreciadores de queijo de chinchila, homens frequentadores assíduos de spa e pessoas no geral com dez dedos em cada pé.

Só recentemente o Sr. Drácuécalo deu conta de como a pressa é inimiga da perfeição e de como tem, de facto, uma enorme força sobre as nossas acções do quotidiano. Se, por um lado, tudo está bem e a calma impera, quando o ser humano sente um bocadinho de stress e pressão social a coçar-lhe a região glútea perde as estribeiras havendo mesmo gente que nem execute com brio a sua higiene matinal… Mas o exemplo que vai ser analisado e que mais agrada ao Sr. Drácuécalo é sem dúvida o stress provocado pelas filas em restaurantes de fast food, nomeadamente no Mc Donald’s…

Imaginem um homem, 94 anos, na fila do Mc Donald’s à espera de ser atendido. Enquanto aguarda, aproveita para decidir o que vai comer o que lhe demora apenas 1 minuto: “- Desta vez vou levar um prego no prato e uma cerveja SG Ventil”. O restante tempo de fila é passado e rasgar olhares furiosos para quem está a ser atendido porque se está a demorar muito. Mas meus caros leitores e fãs, a coisa muda de figura no momento em que ele se aproxima do balcão… E quando chega a sua vez já sente as pessoas atrás dele a bufar e a fuzilá-lo com olhares de cobras cuspideiras até que o seu mundo desaba: “- Desculpe senhor, mas no Mc Donald’s não há pregos no prato e o SG Ventil é uma marca de tabaco”. Pronto, tudo estragado! Naquele momento há que decidir rapidamente o que vai levar e começa a pensar: ora bem, costumo comer sempre o cheeseburguer, queria variar, mas não sei o que… será que aquele ali de bacon leva maionese? Porque é que estão a olhar para mim assim, ainda mal cheguei aqui… e bebida? Não posso levar coca-cola por causa dos gases…. Ãh… Ãh… -> “- Menina, quero um cheese burguer com coca-cola”. GAITA! Não era nada disto e agora tenho vergonha de pedir para mudar, sobretudo quando o senhor atrás esboçou um sorriso de satisfeito…

Se este cenário é frequente, imaginem o que acontece em lojas como a Vitaminas em que temos que escolher os ingredientes na hora. Enquanto estamos na fila pensamos: “- Muito bem, quero a base de massa, não consigo é ver os ingredientes para escolher os 5 a que tenho direito… se ao menos aquela mulher fosse ao Mc Donald’s em vez de estar aqui a perder tempo…” E quando damos conta estamos na nossa vez e começamos a suar… a menina pergunta: “- Quais são os ingredientes?” Tentamos decidir em 10 segundos o que queremos levar… e a pressão provocada pela fila de trás é tanta que explodimos: “- Frango, ovo, fiambre, queijo e azeitonas”. BOOOOLLAAASSSSS!!! Fiambre com frango??? Mas nem temos tempo para pensar muito nisso porque a menina pergunta: “- E vai querer molho de iogurte, de mostarda, especial, de lagosta ou de panda?

O Sr. Drácuécalo acha que no Porto este fenómeno é bem pior pois se em Lisboa atrás de nós está uma fila, na cidade da tripa o que está atrás é a bicha… Imaginem o stress.

 

 

 

P.s: Este post foi escrito com um pincel comprado no chinês, mergulhado em tinta da china e decorado com samurais em cuecas. Se consegue ver os samurais em cuecas, o Sr. Drácuécalo aconselha a marcação de uma consulta na oftalmologia. Ler com uma dose moderada de argamassa. Pode provocar intoxicação alimentar. Em caso de persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico.

Anúncios