Vou começar a limpar o c* às urtigas… à Homem!

Meus caros utilizadores de chinelos, imitadores de pinguins do ártico, operadores de gruas do Dubai e todas as pessoas que acham que os cavalos têm um orgão espiritual mais desenvolvido do que o seu (o que não é o meu caso).

Na luta pela verdade e defesa dos seus próprios interesses, o sr. Drácuécalo resolveu percorrer as prateleiras dos hipermercados mais próximos por dois motivos: comprar uma pasta de dentes de mentol para ficar com o hálito fresquinho e comprar papel higiénico para trazer de volta à vida o meu vale da morte, após a sua utilização! Durante o cumprimento da missão deparei-me com algo inóspito: a marca de papel higiénico “Neve”!!!

Segundo o fabricante, Neve é um produto sofisticado, destinado às classes A e B… só se for A de Apaneleirado e B de Bicha, pela quantidade de mariquices anunciadas, como o Neve Ultra, que já vem com algumas opções:
«alto relevo de flores, perfume e uma micro-textura» que, segundo o texto da embalagem, proporciona aos seus felizes utilizadores «a suavidade de uma pétala de rosa»!

Perguntar não ofende: alguém já limpou o cu com uma pétala de rosa?

Depois, temos o Ultra Soft Color, mais caro é claro! De cor laranja vem com «extracto de pêssego»…. como se o cu distinguisse a cor e sentisse o cheiro!
Mas, o supra sumo é o Neve Ultra Protection, o top da linha.
Este Rolls Royce dos papéis higiénicos, além de conter «óleo de amêndoas», que garante «maciez superior e um cuidado maior com a pele», na sua delicada fórmula encontramos Vitamina E (!!!) Esta coisa de fazer farturas e sair com a gruta vitaminada é mesmo genial!

Pois é meus caros amigos… Este mundo é cada vez mais uma bola de fogo que nos persegue até nos queimar os pelinhos todos… Continuarei na minha luta contra o mal, o crime, e os papeis higiénicos mutantes que forçam as nossas nádegas a tomar uma posição na sociedade…

Ps: Este post não pretende ofender as pessoas que utilizam os caules das rosas como se fossem um escovilhão para limpar o rabinho, nem tão pouco opinar sobre a metodologia mais adequada para tal missão. Ler com uma dose moderada de proteínose. Pode provocar coma! Em caso de persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico.

Anúncios