Não metas isso na boca porque é de noite…

 

Caros comedores de cogumelos venenosos, utilizadores de foguetões, pessoas no geral que acham que na Serra da Estrela as pessoas urinam granizados e homens em particular que acham que o ballet é um desporto colectivo que devia passar na sport tv.

O Sr. Drácuécalo, na sua fugaz análise da sociedade em busca de algo que possa criticar e que lhe deixe um hálito de menta fresca, deparou-se com um mito social extremamente curioso e digno de análise. Algures do submundo foram lançadas certas crenças relacionadas com os hábitos alimentares dos Portugueses e que são hoje tidas como verdades absolutas por muitos. O Sr. Drácuécalo acredita plenamente que tal se deve à falta de conhecimento geral sobre o corpo humano, senão vejamos a seguinte teoria:

“Não se pode comer laranjas à noite”

Esta frase é uma pérola na educação de qualquer ser com pelo menos um pulmão… Mas vamos analisá-la à luz da sapiência actual: hmm… Dentro do estômago não há luz pois não? E nenhum de vocês engoliu por acidente um candeeiro de sala, daqueles que têm abajour e tudo ou uma lâmpada de poupança? E quando vão à casa de banho, aquilo que vos deixa para sempre não sai com uma lanterna pois não? Então como é que o estômago sabe se é de dia ou se é de noite?!

Um outro caso é a velha teoria de não se poder comer isto ou aquilo depois de uma refeição. A pergunta que se levanta é simples: será que o estômago tem aquelas senhas de espera que há na charcutaria do supermercado? Ou então gavetas para alojar os alimentos por ordem de chegada?

Aquilo fica uma papa lá dentro!!!!! Nem interessa se começaram a refeição pela sopa ou pelo fillet mignon avec du ananás! Comam, sejam felizes… Mas sobretudo bebam. 

 

Ps: Este post foi escrito após a consulta de um livro de culinária para zombies. As sugestões do menu não incluem batata frita. O Sr. Drácuécalo não é o co-autor da música de abertura do telejornal nem tão pouco consegue tocar flauta de beiços com as beiças e gostaria de deixar escrito que beiça é uma palavra esquesita e pouco frequentemente utilizada. Pode provocar pânico a ursos. Em caso de persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico.

 

Anúncios

2 thoughts on “Não metas isso na boca porque é de noite…

  1. Hey!

    Adorei a tua maneira de escrever! Eu tenho um blog (Coloquei o link no formulário) passa por lá e dá a tua opinião!

    Muito bom, parabéns!

  2. Fico a espera dessa nova critica 😛

    Também vou lançar um novo post dentro de dias, ainda está em fase de construção.

    Tudo de melhor !

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s