Semáforologia…

Caros  caçadores de pulgas de praia, utilizadores de casas-de-banho públicas, mulheres que bebem cerveja da garrafa e pessoas no geral que leêm piscina como se se escrevesse com três “s”.

Portugal é um país extremamente evoluído que se farta de orgulhar o Sr. Drácuécalo… Somos os maiores consumidores de cerveja em cidades começadas por “C”, temos mais mulheres com bigode, e cerca de 27% das casas de banho portuguesas não têm escovilhão! Mais recentemente, este vosso defensor da realidade alternativa, tomou a liberdade de elaborar um estudo sobre os semáforos! Adivinhem o que foi descoberto?!?! Ao contrário de outros países do submundo que não percebem nada de evolução (como o Canadá!), Portugal acha que é muito mais bonito se cada semáforo for diferente de todos os outros! Muitos dos caros leitores estarão a indagar-se do porquê de tal afirmação pois estas diferenças podem passar despercebidas ao olho desnudado, mas reparem no seguinte: tomando como ponto de partida a parte “verde” dos semáforos, há em Portugal aqueles que têm o fundo verde com a seta preta, há aqueles mais irreverentes que tem o fundo preto com a seta verde e há os armados em revolucionários que não têm seta, só a bola verde! Isto acontece inclusivé nos semáforos dedicados aos peões e com uma noance acrescentada! Alguns deles têm um bonequinho em pé esticadinho, outros têm o bonequinho de pernas abertas e para o cúmulo alguns têm as pernas abertas e a cor vermelha!

A parte talvez mais ridícula da sinalética portuguesa é a parte “vermelha” dos semáforos, senão reparem… Vão descansadinhos numa qualquer quelha do país, como qualquer tuga de gema com uma velocidade moderada entre os 40 e os 170 km/h, e vêm ao longe um semaforo com uma seta a apontar para cima com o fundo vermelho! Ficam confusos! Em primeiro lugar não há estradas para cima, só para a frente e para os lados, depois se o fundo está vermelho é para parar, mas a seta diz para cima! Será para parar em cima do semáforo? Ou para parar mais à frente? Se fosse para parar junto ao semáforo a seta deveria estar virada para baixo!

O Sr. Drácuécalo espera sinceramente ter contribuido para um aumento da sinistralidade automóvel, não só com a distracção que vão ser obrigados a sofrer a analisarem todo e qualquer semáforo que apareça, mas também pelas dúvidas que agora vão surgir sobre o que fazer, ao verem um semáforo pela frente.

P.s: Este post foi escrito na praia do Maraná! Dentro de água! O Sr. Drácuécalo criou uma oficina de reparações automóveis após a elaboração deste post e tem já para reparação vários tractores agrícolas e dois skates. Pode provocar sabugos! Ler com dose moderada de salmonelose. Em caso de persistência dos sintomas consulte o seu médico ou farmacêutico.

Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s